quinta-feira, maio 06, 2010

Ainda sobre León

Hoje é um dia em que tenho muito para muito para escrever sobre muitos assuntos. Os outros dias são tão pequenos que me obrigam a fazer agora horas extraordinárias. Não podia deixar passar em claro a exposição de León (foto: Catedral), que já é passado há quase 15 dias, mas que merece considerações, até porque sempre as fizemos por acharmos que assim é justo para todos. Talvez haja quem entenda que somos brilhantes a criar inimigos, mas a verdade costuma ser cega, a julgar pela famosa estátua em todos os tribunais norte-americanos.

É verdade que a exposição de León foi algo confusa e demasiado longa. 13 horas de um sábado fechados num pavilhão para escolher os melhores gatos não tem justificação alguma a não ser falta de organização.

Individualmente, as coisas correram-nos bem. Tivemos cinco nomeações em seis possíveis e a Coco conseguiu o certificado que a torna Campeão Internacional. Por isso, nem me posso queixar muito dos resultados, embora como sempre aqui e ali haja sempre subjectividade. Faz parte.

Há só mais uma coisa que eu acho inconcebível. Posso ser só de mim e talvez seja eu o único a desfraldar esta bandeira, mas continuo a achar que um presidente não pode ser juiz e presidente numa exposição. Mesmo que não tenha gatos presentes, a sua influência no show a que preside deve ser mínima. Ou seja, para manter o tom de isenção, é necessário que se abstenha de comentar gatos de amigos ou de desconhecidos. Mesmo, e admito que sim, as suas intenções sejam intocáveis.

A primeira exposição da nova direcção foi assim. Esperemos que as próximas mostrem o real valor das pessoas que a integram e que já mostraram antes terem capacidade para conseguir bem melhor.

(by Luís)

Sem comentários:

Shadow Eyes Fan Box

Shadow Eyes on Facebook

Shadow Eyes Photo Gallery

Ocorreu um erro neste dispositivo
Ocorreu um erro neste dispositivo

Seguidores